Nossos Serviços

As avaliações para o diagnóstico da deficiência mental, múltipla, transtorno global do desenvolvimento ou atraso no desenvolvimento neuro-psico-motor são feitas por uma equipe multiprofissional, composta por pedagoga, assistente social, médico, psicóloga, fonoaudióloga e fisioterapeuta.

São agendadas junto a secretaria da escola e acontecem preferencialmente às quartas-feiras. Os pais deverão trazer os documentos da pessoa a ser avaliada, exames já realizados e relatório da unidade infantil ou escola que já freqüenta ou freqüentou.
Os profissionais da APAE, atuando em equipe, tem condições de avaliar o indivíduo em sua totalidade, ou seja, o pedagogo os aspectos da aprendizagem, o assistente social através do estudo e diagnóstico familiar (dinâmica de relações, situação do deficiente na família, aspectos de aceitação ou não das dificuldades da pessoa, etc.) analisará os aspectos sócio culturais; o médico através da anamnese acurada e exame físico (recorrendo a avaliações laboratoriais ou de outras especialidades, sempre que necessário) analisará os aspectos biológicos; o psicólogo que, através da anamnese, observação e aplicação de testes, provas e escalas avaliativas especificas, avaliará os aspectos psicológicos e nível de deficiência mental; o fonoaudiólogo os aspectos de linguagem e o fisioterapeuta as habilidades motoras. Posteriormente, em reunião, todos os aspectos devem ser discutidos em conjunto pelos profissionais que atenderem o caso, para as conclusões finais e diagnóstico global, bem como para a definição das condutas a serem tomadas e encaminhamentos necessários, sendo então a família chamada para as orientações devolutivas e encaminhamentos adequados.

Acreditamos que com essa sistemática de trabalho em equipe, é bem mais fácil a orientação da família que, após entender as potencialidades do filho e suas necessidades poderá participar e cooperar nos tratamentos propostos. A participação familiar é fundamental no processo de atendimento à pessoa com deficiência mental.

Todo o investimento em programas de estimulação precoce, pedagogia e ocupacionais (profissionalizantes ou não) visa sempre o pleno desenvolvimento do potencial apresentado pelo indivíduo e a inserção social do mesmo a sua comunidade. Quanto maior for a integração social da pessoa tanto maiores serão as suas oportunidades de aceitação e inclusão na sociedade.

Na APAE esta avaliação diagnóstica determinará pelo ingresso ou não da pessoa na instituição. Tendo deficiência mental, múltipla, transtorno global do desenvolvimento ou atraso no desenvolvimento neuro-psico-motor a pessoa será conduzida para uma turma com idade, projeto pedagógico ou profissionalizante adequado.